Jardins: (011) 4680-4689
Morumbi: (011) 4680-4687
Assistência: (011) 4680-4552
Peças: (011) 4680-4527
​CARAIGÁ INFORMA: MUDANÇA NO REGIME AUTOMOTIVO
​CARAIGÁ INFORMA: MUDANÇA NO REGIME AUTOMOTIVO
Com novo regime, em discussão no Governo, carros híbridos e elétricos poderão ganhar IPI diferenciado
 
Qual a sua opinião sobre a disseminação de carros híbridos e elétricos no país? Seria interessante, não?! Mas é o que pode acontecer, se aprovado o novo regime automotivo?
 
Quer entender mais? A Caraigá explica para você! De acordo com noticiário publicado na grande imprensa, o Governo prepara um novo regime automotivo para substituir o Inovar-Auto, programa criado em 2012 para estimular o desenvolvimento de novas tecnologias e do setor automotivo nacional​, cuja validade se encerra em 31 de Dezembro deste ano​. 
 
​Um novo regime, intitulado ​"​Rota 2030​", deve ser discutido e criado. A proposta é de que a​ política de estímulos para o setor te​nha metas com até 13 anos de duração. A formação desse novo regime automotivo será feita por um grupo interministerial e deverá ser concluído e anunciado até 30 de agosto.
 
O programa “Rota 2030” poderá prever novos parâmetros para a cobrança do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI). A alíquota, que hoje é cobrada de acordo com a cilindrada do motor, poderá valer segundo os níveis de eficiência energética do veículo. Se a proposta passar, será uma grande mudança no sistema de tributação do setor e, claro, uma importante oportunidade para a disseminação de carros híbridos e elétricos no país, bem como de exportação dos carros montados por aqui.
 
Outros pontos em discussão no novo regime são as metas de eficiência energética - cobradas pelo governo aos automóveis fabricados no Brasil -, bem como exigências relacionadas à segurança veicular e incentivos a investimentos em inovação e desenvolvimento de sistemas eletrônicos.
 
Fique ligado nas redes sociais da Caraigá e saiba tudo o que precisa a respeito do universo automotivo!